México nomeia novo embaixador nos EUA perante chegada de Trump ao poder

México, 13 jan (EFE).- O governo do México informou nesta sexta-feira a saída de Carlos Manuel Sada Solana do cargo de embaixador nos Estados Unidos e a entrada de Gerónimo Gutiérrez Fernández, uma semana antes da posse do novo presidente americanmo, Donald Trump.

Solana deixará a embaixada em Washington após oito no cargo para exercer a função de subsecretário para a América do Norte, indicou a Secretaria de Relações Exteriores (SRE) do México em comunicado.

Apesar da mudança, será ele quem irá à posse de Trump no dia 20 de janeiro em Washington, e três dias depois assumirá seu novo posto. Já nomeação de Fernández deve ser ratificada pelo Senado assim que for aprovada do governo dos Estados Unidos.

Atualmente, o novo embaixador é o diretor-gerente do Banco de Desenvolvimento para a América do Norte (BDAN), instituição criada no marco do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (NAFTA), acordo que Trump questiona e pretende renegociar por considerar que prejudica seu país.

Fernández, economista com mestrado em Administração Pública pela Escola de Governo John F. Kennedy da Universidade de Harvard, trabalhou nos últimos quatro governos do México.

Entre 2000 e 2006, durante o governo de Vicente Fox, foi subsecretário para a América do Norte. Já com de Felipe Calderón (2006-2012), ocupou a Subsecretaria para a América Latina e o Caribe da SRE e a Subsecretaria do Interior.

Por sua vez, "o embaixador Solana tem uma ampla experiência no trabalho diplomático e na proteção dos direitos dos mexicanos na América do Norte, assim como na defesa dos interesses do México no exterior", destacou a SRE.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos