Presidente do diretório de estatal chilena sofre atentado com explosivos

Santiago do Chile, 13 jan (EFE).- O presidente do diretório da mineradora estatal chilena Codelco, Oscar Landerretche, de 44 anos, sofreu na tarde desta sexta-feira um atentado com explosivos em sua casa que o deixou com lesões leves, segundo a polícia.

Agentes da polícia militar do Chile disseram aos jornalistas que o economista recebeu em sua casa da comuna de La Reina um pacote com uma bomba, que foi aberto por sua esposa, Patricia Medrano Vera, que sofreu ferimentos mais graves e precisou ser transferida com urgência a um centro médico.

A presidente Michelle Bachelet expressou em sua conta no Twitter sua total solidariedade a Landerretche e sua esposa.

"Toda minha solidariedade para Óscar Landerretche e sua esposa Patricia Medrano. Minha mais profunda rejeição ao atentado que sofreram", afirmou a chefe de Estado.

Através de seu site, a Codelco declarou que "a corporação condena drasticamente este tipo de fato que será investigado pela Justiça para esclarecer suas circunstâncias e identificar os responsáveis". EFE

mc/rsd

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos