Exército do Iraque afirma ter libertado 90% do leste de Mossul

Mossul (Iraque), 14 jan (EFE).- O Exército do Iraque afirmou neste sábado que já libertou 90% da metade leste da cidade de Mossul, principal reduto do grupo Estado Islâmico (EI) no país.

O general Sami Al Arabi, um dos comandantes das unidades antiterrorismo, relatou à Agência Efe sobre a libertação do leste de Mossul, dividida pelo rio Tigre, que a cruza de norte a sul.

Segundo Al Arabi, após a tomada da Universidade de Mossul, os jihadistas só controlam 10% dos bairros do leste da cidade.

O general Taleb al Kinani, outro comandante das forças antiterroristas, destacou aos jornalistas a importância simbólica da reconquista da Universidade de Mossul.

"As forças antiterroristas realizaram a libertação da Universidade do Mossul e do Complexo Cultural. Isso tem um grande valor simbólico para os moradores da cidade e os iraquianos, já que a instituição é muito importante", disse Al Kinani.

O Exército do Iraque invadiu no fim de outubro a parte leste de Mossul, a segunda maior cidade do país, e segue avançando em direção ao rio Tigre. O EI, porém, ainda controla toda a região oeste do município.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos