Polícia belga prende 3 em operação antiterrorismo em Bruxelas

(Atualiza com número de presos e mais detalhes da operação).

Bruxelas, 14 jan (EFE).- A polícia da Bélgica prendeu neste sábado três pessoas para serem interrogadas durante uma operação antiterrorismo no bairro de Molenbeek, em Bruxelas.

Várias ruas do bairro, conhecido por ter servido de refúgio para os responsáveis pelos atentados de Paris, em 2015, e de Bruxelas, em março do ano passado, foram tomadas pelos agentes. Um helicóptero também sobrevoou a região durante a ação dos policiais.

Um perímetro de segurança foi estabelecido na rua Delanoy, como pôde constatar a Agência Efe no local, onde a polícia bloqueou a passagem dos jornalistas. A rua já tinha sido alvo de uma operação depois dos atentados de Paris para buscar o principal suspeito, Salah Abdeslam, que foi preso quatro meses depois no mesmo bairro.

Os agentes estavam procurando armas na região, mas acabaram não encontrando nada durante a operação, que ganhou o reforço de homens das forças especiais do país, segundo a emissora "RTBF".

A emissora "VRT" afirmou que veículos blindados foram deslocados para a região e que agentes estavam nos telhados de vários imóveis durante a ação, realizada a pedido da Procuradoria de Bruxelas.

De acordo com a emissora "RTL", a operação de hoje ainda não foi levada ao Ministério Público Federal, responsável pela investigação dos atentados terroristas de Paris e Bruxelas.

A "RTL" afirma que essa circunstância pode indicar que a operação de hoje é "isolada" e não tem relação com um grupo organizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos