Bahrein executa 3 presos pela primeira vez em uma década

Manama, 15 jan (EFE).- As autoridades do Bahrein executaram neste domingo três presos, condenados por um atentado no qual morreram três policiais em 2014, na primeira vez que o país árabe aplica a pena capital em uma década.

A Promotoria informou em comunicado que a execução foi realizada neste domingo por um pelotão de fuzilamento.

Os réus executados hoje, condenados em 2015, eram Sami Mushaima, de 42 anos; Abbas al Samea, de 27; e Ali Abdulshahid al Singace, de 21.

Os parentes dos três executados foram chamados para que fossem ao enterro em um cemitério de Manama, que foi isolado pela Polícia para evitar protestos.

Outros dois presos estão no corredor da morte, Mohammed Ramadan e Hussein Mossa, sentenciados à morte em 2014 por outro atentado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos