Assessor de Obama viaja a Cuba após fim da medida "pés secos, pés molhados"

Washington, 16 jan (EFE).- O assessor adjunto de Segurança Nacional do presidente dos Estados Unidos Barack Obama, Ben Rhodes, viaja nesta segunda-feira para Cuba para se reunir com autoridades da ilha apenas alguns dias depois de o governo americano ter acabado com a política migratória "pés secos, pés molhados", que estava vigente desde 1995.

Rhodes vai manter "encontros oficiais, compromissos culturais e será testemunha da assinatura do Memorando de Entendimento Legal entre EUA e Cuba", afirmou a Casa Branca em comunicado.

"Este acordo estabelecerá um marco de fortalecimento de nossa aliança na luta contra o narcotráfico e o terrorismo, na cooperação jurídica, no combate à lavagem de dinheiro, e inclui intercâmbios técnicos", acrescentou a nota.

A visita de Rhodes acontece apenas alguns dias depois de os Estados Unidos terem acabdo com a política migratória "pés secos, pés molhados", sob a qual os cubanos interceptados no mar ("pés molhados") eram devolvidos a Cuba, enquanto os que conseguiam pisar em território americano ("pés secos") eram admitidos no país e podiam obter residência permanente um ano depois de sua chegada.

A Casa Branca comentou hoje que esta decisão "é mais um passo na normalização das relações com Cuba e oferece maior consistência" à política migratória dos EUA.

O fim da medida "pés secos, pés molhados" era um dos principais pedidos das autoridades cubanas.

Além disso, a viagem de Rhodes acontece a apenas cinco dias da posse do presidente eleito Donald Trump, que defendeu o retorno a uma política mais dura com Havana se não houver concessões por parte das autoridades da ilha.

Em dezembro de 2014, Obama e o presidente cubano Raúl Castro anunciaram ao mundo um acordo que se traduziu em aumentos de viagens, intercâmbios, negócios e remessas entre os dois países, na reabertura das embaixadas após mais de meio século de inimizade e culminou com a histórica visita do líder americano à ilha em março do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos