Atentado suicida deixa 2 mortos em universidade na Nigéria

Abuja, 16 jan (EFE).- Pelo menos duas pessoas morreram nesta segunda-feira no atentado cometido por dois terroristas suicidas, que também morreram ao se explodirem na Universidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, na primeira hora de hoje.

No ataque ficaram feridas 17 pessoas, informou o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Emergências da Nigéria (NEMA), Sani Datti, através de um comunicado.

Um dos terroristas detonou seus explosivos perto de uma mesquita situada dentro do recinto universitário na hora em que os fiéis concluíam as primeiras orações da manhã.

O segundo ataque aconteceu perto de uma porta de acesso à universidade utilizada habitualmente por pedestres.

Embora a autoria do atentado ainda não tenha sido reivindicada por nenhum grupo terrorista, os jihadistas nigerianos do Boko Haram costumam realizar atentados com frequência contra esta cidade, onde há uma semana morreram três pessoas em outros dois atentados suicidas.

Maiduguri é a capital do estado de Borno, um dos alvos frequentes do Boko Haram.

Os jihadistas sofreram várias derrotas desde que Nigéria, Chade, Camarões e Níger decidissem criar uma força multinacional para coordenar uma ofensiva ao redor do lago Chade, região fronteiriça dos quatro países.

No entanto, nas últimas semanas os extremistas voltaram a cometer vários ataques no nordeste da Nigéria, onde lutam por instaurar um estado de corte radical islâmico.

Desde que começou sua atividade terrorista em 2009, o Boko Haram matou mais de 20 mil pessoas e obrigou mais de 2,5 milhões a fugirem de suas casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos