Chile contabiliza 42 incêndios florestais em mais de 7 mil hectares

Santiago (Chile), 16 jan (EFE).- Ao todo, 42 incêndios florestais, sendo 15 deles ainda ativos, foram registrados somente nesta segunda-feira em diversas regiões do Chile, totalizando 7.765,39 hectares atingidos, conforme o relatório da Corporação Nacional Florestal (Conaf).

Outras 25 queimadas estão controladas e dois focos foram extintos, de acordo com o organismo, que deste ontem já perdeu três de seus brigadistas. Os funcionários morreram enquanto combatiam um incêndio em Las Cardillas, na comuna de Vichuquén, na região do Maule. A Conaf indicou hoje que o incêndio que matou os bombeiros apresentava "alta intensidade", com uma superfície arrasada de 50 hectares.

Por conta disso e das condições na região, com fortes ventos que ao mudar de direção deixaram subitamente os brigadistas cercados, o fogo está sendo combatido somente com aviões e helicópteros.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, usou o Twitter para prestou condolências.

"Lamento profundamente a morte dos três brigadistas da Conaf que combatiam o incêndio Las Cardillas (Maule). Meus pêsames a suas famílias", escreveu.

Hoje, o alerta vermelho ainda é mantido em Villa Alemana, Limache, La Ligua e Quilpué, na região de Valparaíso; Alhué e San Pedro, na região metropolitana de Santiago; Santa Cruz, Palmilla e Peralillo, em O'Higgins; e Vichuquén, em Maule.

A Conaf fez um apelo público para a prevenção dos incêndios florestais, lembrando que 99% deles são causados pela ação do homem. EFE

ns/cdr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos