ELS liderará delegação de facções opositoras em conferência de Astana

(Corrige lead).

Beirute, 16 jan (EFE).- O Exército Livre Sírio (ELS) liderará a delegação de facções armadas opositoras que participará das conversas de paz sobre a Síria em Astana, no Cazaquistão, prevista para 23 de janeiro, disse nesta segunda-feira seu comandante-chefe, o general Albay Ahmed Berri.

"O ELS liderará a delegação opositora e participará da conferência de Astana", disse por telefone Berri, sem detalhar que outros grupos rebeldes estarão na reunião.

No sábado, um porta-voz da Comissão Suprema para as Negociações (CSN), Riad Aga, explicou em Riad que sua organização - a principal aliança opositora síria - não foi convidada até agora para a conferência em Astana, mas que foram convocados os dirigentes de facções insurgentes.

Berri destacou que os grupos rebeldes apresentaram uma série de condições para participar, as quais não mencionou, e que tanto Turquia como a Rússia ofereceram várias garantias de que as cumpririam.

Um cessar-fogo entrou em vigor na Síria no dia 30 de dezembro, graças a um pacto entre Moscou, que apoia o governo sírio, e Ancara, que respalda a oposição, no qual também convocaram uma rodada de negociações de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos