FSD arrebataram do EI 3.200 quilômetros quadrados em Al Raqqa, na Síria

Beirute, 16 jan (EFE).- As Forças da Síria Democrática (FSD), uma aliança armada liderada pelas milícias curdas, anunciaram nesta segunda-feira que arrebataram do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) 3.200 quilômetros quadrados na província de Al Raqqa, no nordeste do país, desde que iniciaram uma ofensiva em novembro.

Em comunicado, as FSD explicaram foram conquistados um total de 236 povoados e dezenas de fazendas, assim como a fortaleza histórica de Yabar, desde o início de sua ofensiva em 6 de novembro, batizada de "Ira do Eufrates".

A nota ressalta que, atualmente, a cidade de Al Raqqa está isolada no norte e no oeste.

Durante a operação, as FSD mataram 260 membros do EI e capturaram 18.

A coalizão armada, integrada por facções curdas, árabes e sírias, entre outros, e que recebe apoio dos Estados Unidos, sofreu 45 baixas, das quais três foram de voluntários estrangeiros vindos de Reino Unido, Canadá e EUA

O EI proclamou no final de junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, onde dominou zonas do norte e o centro.

Seu reduto principal na Síria é a província de Al Raqqa, que, além de ser palco de combates entre as FSD e o EI, está sendo castigada pelos bombardeios da coalizão internacional, liderada por Washington e que apoia a aliança liderada pelos curdos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos