Três malaios alistados pelo EI morrem em bombardeio na Síria

Bangcoc, 16 jan (EFE).- Três malaios militantes do Estado Islâmico (EI) morreram na Síria em um bombardeio da aviação do governo sírio em Al Raqqa, principal reduto dos jihadistas no país, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

O assistente do diretor da agência de contra-terrorismo, Ayob Khan Mydin Pitchay, confirmou a morte dos três ativistas, o que eleva para 30 o número de malaios alistados pelo EI mortos no Oriente Médio, segundo a agência de notícias "Bernama".

Os três morreram na sexta-feira coincidindo com a ofensiva que o EI lançou contra posições do Exército sírio na cidade de Deir ez Zor, no nordeste do país.

Cerca de 250 jihadistas foram detidos na Malásia desde fevereiro de 2013, enquanto que 132 malaios combatem nas fileiras do EI em território iraquiano e sírio, de acordo com dados do Ministério do Interior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos