Valls diz que Trump declarou "guerra à Europa" em comentários sobre UE

Paris, 16 jan (EFE).- Manuel Valls, ex-primeiro-ministro da França e pré-candidato socialista à presidência do país, considerou que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, "declarou guerra" à Europa em seus comentários sobre a União Europeia.

"Muitos pensavam que Donald Trump mudaria o tom de seu discurso após sua eleição, mas esquecemos que é um populista e quer iniciar seu programa. O que disse é uma provocação, uma declaração de guerra à Europa", disse Valls em entrevista à emissora francesa "BFMTV".

O ex-premiê francês respondeu assim quando perguntado sobre as últimas declarações de Trump, que criticou a política da Alemanha para os refugiados, qualificou de "grande coisa" o "Brexit" - a saída do Reino Unido da União Europeia -, e opinou que outros países poderiam abandonar o bloco comunitário.

Valls, que concorrerá à candidatura socialista nas eleições presidenciais de abril e maio de 2017, afirmou que o que Trump procura é a decomposição da Europa.

Para o francês, a solução é uma UE unida, e "o destino da França" está unido ao do bloco comunitário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos