Manuel Valls é agredido enquanto fazia campanha nas primárias socialistas

Paris, 17 jan (EFE).- O ex-primeiro-ministro francês Manuel Valls, candidato a liderar os socialistas nas eleições presidenciais de 2017, viveu seu segundo incidente em um mês ao receber um tapa de um jovem enquanto fazia campanha.

Valls foi golpeado quando saía da prefeitura de Lamballe, mas não ficou ferido. O agressor, cujas motivações não foram informadas, foi imobilizado e imediatamente detido.

"Não tenho medo de discutir com meus compatriotas, mas sei que a democracia é incompatível com a violência", disse o político à imprensa depois do incidente.

No dia 22 de dezembro, o ex-premiê foi atingido por um homem com um saco de farinha em Estrasburgo. O agressor afirmou que reprovava sua gestão como primeiro-ministro francês.

O ex-chefe de governo francês aspira ser o candidato socialista para as presidenciais de abril e maio. Para isso, precisa levar a melhor contra seis candidatos nas primárias, marcadas para os dois próximos domingos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos