ONU suspende distribuição aérea de comida em Deir ez Zor (Síria) por combates

Genebra, 17 jan (EFE).- O Programa Mundial de Alimentos (PMA) suspendeu a distribuição aérea de comida na região de Deir ez Zor, no nordeste da Síria, pelos intensos combates entre os jihadistas do Estado Islâmico (EI) e as forças governamentais, que contam com apoio da aviação russa.

O anúncio da suspensão foi realizado em entrevista coletiva pela porta-voz do PMA, Bettina Luescher, que disse que as operações foram interrompidas no sábado e não serão retomadas até que a situação se acalme.

"Não podemos colocar em perigo a vida dos 60 voluntários que recebem as cargas lançadas dos aviões e posteriormente distribuem a assistência", explicou Bettina.

O PMA começou no ano passado um sistema de distribuição aérea de assistência humanitária devido à impossibilidade de fazê-lo por via terrestre, já que a região está sob controle dos jihadistas.

No total, foram feitos 177 lançamentos até o momento que distribuíram 3.300 metros cúbicos de comida e outros materiais de assistência.

Os radicais iniciaram no sábado um ataque contra posições do regime de Bashar al Assad na população, a maior ofensiva que realizam em Deir ez Zor no período de um ano.

Aparentemente, a calma reinava hoje na região após a jornada de ontem, quando o EI conseguiu avançar e tomou áreas próximas do aeroporto militar, que é controlado pelo regime, além de bloquear a única via de provisões terrestres para esta base aérea.

Com esses avanços, os jihadistas dividiram em duas as zonas em poder dos efetivos governamentais em Deir ez Zor.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) informou que 122 pessoas morreram nas últimas 72 horas na cidade: 27 eram civis, enquanto 37 eram soldados leais ao presidente sírio, Bashar al Assad, e 58 extremistas.

Quase toda a província de Deir ez Zor, que faz fronteira com o Iraque, está controlada pelo EI, menos alguns distritos de sua capital homônima e o aeroporto militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos