Estudante armado invade colégio no México e deixa 5 pessoas feridas

(Atualiza com mais detalhes).

Cidade do México, 18 jan (EFE).- Um aluno armado invadiu nesta quarta-feira um colégio de ensino médio em Monterrey, no norte do México, e disparou contra os colegas, deixando cinco feridos, três deles em estado muito grave, informaram fontes oficiais.

O ataque ocorreu por volta das 8h locais (12h em Brasília) no Colégio Americano do Nordeste, no norte de Monterrey. Entre os cinco feridos está o próprio atirador, identificado como Federico Guevara, e uma professora, indicou à "Rádio Formula" o secretário de governo do estado de Nuevo León, Manuel Florentino.

O porta-voz do Grupo de Coordenação de Segurança, Aldo Fasci, indicou que o atirador teria 15 anos e efetuou os disparos em uma das salas de aula do colégio.

Florentino explicou que o estudante estava em tratamento psicológico e que ainda não se sabe se o jovem se feriu acidentalmente ou se tentou suicídio.

"Não há mortos até o momento", afirmou o secretário, que detalhou que, além do atirador, ficaram feridos quatro alunos e uma professora, que foram levados a hospitais próximos.

Em entrevista à "Rádio Fórmula", Fasci explicou que o jovem entrou em uma sala e primeiro atirou contra a professora.

"Imediatamente depois, ele dispara contra um companheiro (de classe), em um terceiro e em um quarto. Há uma pausa, como ele fosse recarregar ou algo assim. Ele dá instruções a outros alunos e depois atira contra si mesmo. Nesse momento, os demais estudantes saem da sala. São cinco disparos", explicou.

Os adolescentes feridos têm idades entre 14 e 15 anos, e a professora tem 24 anos, explicou Fasci.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos