Adama Barrow toma posse como presidente da Gâmbia na capital do Senegal

Dacar, 19 jan (EFE).- Adama Barrow tomou posse nesta quinta-feira como presidente da Gâmbia em cerimônia realizada na embaixada de seu país em Dacar, capital do Senegal, enquanto o ex-chefe de Estado, Yahya Jammeh, se nega a ceder o poder em Banjul.

Barrow jurou seu cargo na presença de representantes do governo do Senegal, da ONU, da União Africana e da Comunidade Econômica dos Estados de África Ocidental (Cedeao), preparada para enviar suas tropas à Gâmbia para forçar Jammeh a deixar a presidência.

Vestido com um tradicional traje africano de cor branca, Barrow, eleito com mais de 43% dos votos, jurou "assumir o cargo de presidente da Gâmbia, defender a Constituição e atuar conforme as leis do país".

O candidato proclamado vencedor das eleições presidenciais do último dia 1º de dezembro inicia assim um mandato de cinco anos em substituição de Jammeh, que governou com mão de ferro durante os últimos 22 anos.

O já ex-presidente, que se nega a ceder o poder por supostas irregularidades na apuração de votos que denunciou perante a Corte Suprema, declarou há dois dias um estado de emergência para impedir que a posse acontecesse em Banjul.

A Cedeao preparou uma força militar conjunta na fronteira gambiana que poderia intervir a qualquer momento para tirar Jammeh do poder.

O Conselho de Segurança da ONU deve aprovar um projeto de resolução para restabelecer a legalidade constitucional na Gâmbia, pequeno país encravado no seio do território do Senegal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos