Começo da ofensiva contra EI em Mossul causa mais de 180 mil deslocados

Erbil (Iraque), 19 jan (EFE).- Mais de 180 mil pessoas foram deslocadas desde que começou em outubro do ano passado a ofensiva para libertar a província de Ninawa, no norte do Iraque, cuja capital é Mossul, do controle do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), informou nesta quinta-feira o Ministério de Deslocamento e Migração do país.

Em comunicado, o Ministério afirmou que os acampamentos onde estão as pessoas deslocadas de suas casas ficam, em sua maioria, na região autônoma do Curdistão iraquiano, assim como no sul de Mossul, e no norte das províncias de Tikrit e Kirkuk.

A pasta assinalou que continuam com os trabalhos de resgate e de apoio às famílias deslocadas, e distribuindo ajuda humanitária e de primeira necessidade.

Na nota, se detalhou que o presidente da Comissão Suprema de Resgate e Apoio, Jassim Mohammed al Jaf, anunciou a distribuição de uma quantidade de dinheiro para construir vários acampamentos, assim como 500 caravanas para dar asilo aos deslocados nas províncias de Tikrit e Kirkuk.

Milhares de famílias estão cercadas na parte ocidental da cidade de Mossul, de onde algumas delas tentam fugir para a fronteira síria, com o objetivo de escapar da brutalidade do EI e das difíceis condições nas quais vivem no setor ocidental.

Segundo a ONU, entre 1,2 e 1,5 milhão de pessoas viviam em Mossul antes do começo da ofensiva, mas o prefeito da cidade, Abdelzatar al Haba, disse à Agência Efe que estima que dentro da cidade permaneceram pelo menos 900 mil civis nos últimos três meses, no meio do fogo cruzado.

A ofensiva para expulsar o EI de Mossul e de toda a província de Ninawa se intensificou a partir da última semana de dezembro.

ja/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos