Presidente do Irã ordena investigar desabamento de edifício em Teerã

Teerã, 19 jan (EFE).- O presidente do Irã, Hassan Rohani, ordenou nesta quinta-feira uma investigação para apurar as causas do incêndio e do desabamento de um edifício comercial de 17 andares no centro da capital Teerã, e que os atingidos sejam indenizados.

Rohani manifestou sua dor pelo ocorrido e ofereceu suas condolências às vítimas, segundo um comunicado divulgado pela presidência iraniana.

O presidente também pediu ao Ministério do Interior que apure urgentemente as causas do acidente e que as autoridades competentes ofereçam atendimento aos feridos e compensações aos comerciantes afetados pelos danos materiais.

O fogo começou às 8h locais (2h30 de Brasília) no nono andar e provocou o colapso do edifício três horas e meia mais tarde.

Entre 20 e 25 bombeiros ainda estão presos sob os escombros e suas vidas correm perigo, segundo o prefeito da capital iraniana, Mohamad Baqer Qalibaf.

Além disso, o incêndio deixou 70 feridos, em sua maioria efetivos das equipes de resgate, dos quais 23 tiveram que ser hospitalizados.

O edifício, construído em 1962 como o primeiro arranha-céu de Teerã, abriga o centro comercial Plasco e oficinas de confecção de roupas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos