Queda de prédio de 17 andares em Teerã deixa dezenas de feridos

Teerã, 19 jan (EFE).- Dezenas de pessoas ficaram feridas nesta quinta-feira, em sua maioria bombeiros, na queda de um edifício de 17 andares de Teerã devido a um grande incêndio, que se teme tenha causado também vítimas fatais porque há pessoas sob os escombros.

Os últimos números divulgados pelos serviços de emergência para a televisão estatal iraniana falam em 70 feridos, dos quais 47 foram atendidos no local e 23, transferidos para o hospital.

O fogo começou às 8h (horário local, 2h30 em Brasília) e provocou três horas e meia mais tarde o colapso do centro comercial Plasco, com cerca de 50 anos de idade e situado no coração de Teerã.

Após o incêndio, o centro comercial e outros edifícios próximos foram evacuados, entre eles as embaixadas de Turquia e Reino Unido, embora vários meios de imprensa iranianos tenham noticiado que no interior do prédio havia mais gente além dos bombeiros.

A agência semioficial "Fars" informou de se teme pela vida de pelo menos 50 pessoas, entre elas 30 bombeiros, que ficaram presos entre os escombros.

Os arredores do centro comercial, considerado o primeiro edifício alto e moderno do Irã, estão fechados pelas forças de segurança para facilitar os trabalhos de resgate.

Dezenas de ambulâncias estão na região, assim como caminhões de bombeiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos