Socorrista afirma que existem muitos mortos em hotel soterrado na Itália

Roma, 19 jan (EFE).- Um membro da equipe de resgate que conseguiu entrar no hotel Rigopiano, na cidade de Farindola, na região dos Abruzos, na Itália, soterrado por um desmoronamento após os terremotos de quarta-feira, afirmou que "há muitos mortos" no local, em declarações reproduzidas pelos veículos de imprensa italianos.

A Proteção Civil da cidade de Penne, na província de Pescara, explicou que na quarta-feira, eram 22 os hóspedes registrados no hotel localizado no maciço do Gran Sasso (cerca de 1,3 mil metros de altura), na cordilheira dos Apeninos, então outras vítimas devem ser funcionários do estabelecimento.

Antonio Crocetta, um dos responsáveis do Corpo de Resgate Alpino dos Abruzos, que chegaram ao hotel após várias horas de subida com esquis, confirmou a presença de muitas vítimas no local.

O trabalho das equipes de resgate começou após receberem ontem algumas mensagens de texto onde advertiam sobre a avalanche, mas as condições do tempo com intensas nevadas e mais de cinco metros de neve acumulados dificultaram o trabalho.

Por volta das 4h (hora local) desta quinta-feira, chegaram com esquis as primeiros equipes de resgate do Corpo dos Alpinos e regataram dois homens, Giampiero Parete e Fabio Salzetta, hóspedes que não estavam no interior do hotel durante o desmoronamento e que conseguiram se refugiar em um carro e alertar sobre o que estava acontecendo.

Também estão chegando algumas ambulâncias e outros veículos de resgate que se vão abrindo passagem lentamente graças a máquinas para remover neve.

De acordo com os primeiros depoimentos das equipes de resgate, os primeiros testemunhos das equipes de resgate, o hotel desabou parcialmente e está completamente soterrado sob a neve e que conseguem ver algumas luzes, mas não estão escutando vozes em seu interior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos