"Trump é um vigarista e vai fracassar", afirma George Soros

Davos (Suíça), 19 jan (EFE).- O magnata George Soros afirmou nesta quinta-feira que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, que tomará posse amanhã, "é um vigarista e vai fracassar".

Durante um encontro restrito com jornalistas no Fórum Econômico Mundial de Davos, o empresário americano, de origem húngara, ressaltou que Trump representa "uma forma de governo próxima à ditadura, mais parecida com um estado mafioso, o oposto da sociedade aberta" que ele defendeu toda a vida.

Soros, que apoiou à democrata Hillary Clinton durante a última campanha eleitoral nos Estados Unidos, disse que pensa em manter-se "o mais longe possível de Trump" e recomendou aos empresários de todo o mundo que "façam o mesmo".

Em relação ao impacto da presidência de Trump nos mercados, indicou que "neste momento a incerteza, que é o pior inimigo do investimento de longo prazo, está em seu nível máximo ", motivo pelo qual não cabe esperar boas notícias.

Sobre a possibilidade de uma guerra comercial entre China e Estados Unidos, Soros assegurou que seria "totalmente irreconciliável com a prosperidade", e isso também é sabido na Europa "muito bem, já que também foram atacados por Trump".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos