Após polêmicas em campanha, Trump defende união: "Somos uma única nação"

Washington, 20 jan (EFE).- O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou nesta sexta-feira uma mensagem de união para o país em seu discurso de posse nas escadarias do Capitólio, em Washington.

"Somos uma única nação (...) Compartilhamos um coração, uma família e um glorioso destino", disse Trump em um discurso de pouco mais de 16 minutos.

Durante o discurso, o bilionário defendeu que, independentemente da cor da pele dos americanos, "sendo negros, marrons ou brancos", todos compartilham "o mesmo sangue vermelho dos patriotas".

"Quando os Estados Unidos estão unidos, são totalmente imparáveis", ressaltou Trump, que se tornou ao meio-dia o 45º presidente da história do país.

O chefe do governo americano declarou ainda que a posse é "um juramento de lealdade a todos os americanos".

"Devemos dizer o que pensamos, debater nossos desacordos honestamente, mas sempre perseguir a solidariedade", argumentou.

A criança "nascida na expansão urbana de Detroit" e a das "planícies castigadas pelo vento de Nebraska olham para o mesmo céu noturno, enchem seu coração com os mesmos sonhos", acrescentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos