Parlamento belga vai continuar servindo álcool de graça aos deputados

Em Bruxelas

  • Getty Images

Os deputados do Parlamento Federal da Bélgica rejeitaram nesta sexta-feira (20) uma proposta do comitê de ética para proibir que em sua sede se sirva álcool de forma gratuita aos deputados, como ocorre desde o final do século passado.

Os líderes dos grupos políticos do Parlamento concluíram que o fato de que na câmara se sirva cerveja e vinho de forma gratuita é "um problema inexistente" e não tomarão ações para proibi-lo, informaram à imprensa local "Het Nieuwsblad", "De Standaard" e "Het Belang van Limburg".

O presidente do Parlamento, Siegfried Bracke, tinha pedido conselho ao comitê de ética da câmara depois que um deputado realizou um comentário racista sobre um colega de outra legenda política.

Após uma investigação, os membros do comitê assinalaram ao álcool como uma das "causas principais" do incidente e pediram "regras mais estritas" sobre a presença de bebidas espirituosas na câmara, o que na sua opinião "melhoraria a qualidade dos debates".

"Alguns deputados se tornam desagradáveis quando bebem", explicou o presidente do comitê de ética encarregado do caso, Danny Pieters, que acrescentou que em outros postos de trabalho não é costume consumir álcool.

No entanto, os líderes dos partidos consideraram que o comentário racista não tinha tido sua origem no álcool e confirmaram que não intervirão no assunto.

A cerveja e o vinho são servidos na câmara belga de forma gratuita desde o final dos anos 90, quando o então presidente da instituição, Herman de Croo, observou que muitos deputados se ausentavam dos debates para tomar alguma coisa nas cafeterias e bares ao redor do prédio.

"Em três ou quatro cafeterias havia inclusive um sino que era tocado quando ia começar a votação", lembrou De Croo em entrevista à imprensa belga, afirmando que os deputados começaram a beber menos quando o álcool começou a ser servido nas dependências do parlamento devido ao "controle social".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos