Valls diz que França precisa de presidente que saiba falar com Trump e Putin

Paris, 20 jan (EFE).- Manuel Valls, ex-primeiro-ministro francês e pré-candidato da esquerda nas eleições presidenciais de 2017, disse nesta sexta-feira que a França precisa de um líder capaz de falar com os presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin.

"Um presidente que seja capaz de ser firme, que seja capaz de encarnar nossa cultura, nossa língua, de uma esquerda que saiba falar com um novo mundo, com Trump, com Putin, com um mundo que mudou", afirmou o ex-primeiro-ministro em mensagem divulgada nas redes sociais antes de seu comício de encerramento de campanha das primárias.

Valls, chefe do governo de França entre 2014 e 2016, gerou polêmica nesta mesma semana ao rotular de "declaração de guerra política" as críticas de Trump contra a União Europeia (UE) e a Otan.

O ex-primeiro-ministro parte como favorito na votação deste domingo para passar ao segundo e definitivo turno das primárias, marcado para 29 de janeiro, quando, a princípio, enfrentaria Arnaud Montebourg ou Benoît Hamon, que foram ministros em governos liderados por ele.

De qualquer forma, o candidato da esquerda - seja Valls, Montebourg ou Hamon - terá dificuldades em passar para o segundo turno das eleições e parte claramente atrás do candidato da direita, François Fillon, e da ultradireitista Marine le Pen.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos