Ex-presidente da Gâmbia deixa Banjul após 22 anos no poder

Dacar, 21 jan (EFE).- O ex-presidente Yahya Jammeh deixou nesta noite a capital da Gâmbia, Banjul, com destino a Guiné, que lhe ofereceu asilo para pôr fim à crise política, depois do anúncio ontem à noite que ele abriria mão do cargo por ter perdido nas últimas eleições após 22 anos no poder, informou a imprensa local.

O avião, fretado pelo presidente de Guiné, Alpha Condé, decolou do Aeroporto Internacional de Banjul pouco depois das 21 horas (horário local, 19h em Brasília), informou a "Sud Radio", do Senegal.

Yahya Jammeh aceitou ontem à noite entregar o poder ao candidato eleito nas urnas em 1º de dezembro, Adama Barrow, após ceder às pressões diplomáticas e a ameaça de intervenção militar de um bloco de países de África Ocidental.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos