Explosão em mercado do Paquistão deixa 22 mortos e 87 feridos

(Atualiza número de mortos e feridos e acrescenta detalhes).

Islamabad, 21 jan (EFE).- Pelo menos 22 pessoas morreram neste sábado e 87 ficaram feridas por conta de uma explosão em um mercado da cidade de maioria xiita de Parachinar, no noroeste do Paquistão, segundo informações de fontes oficiais.

A explosão aconteceu no começo da manhã (hora local) quando um grande número de pessoas faziam compras no mercado Eidgah, em Parachinar, capital da região tribal de Kurram, disse o porta-voz da administração local, Kamal Hussain.

O diretor de Saúde nas áreas tribais de administração federal (Fata), Jawad Habib, foi quem atualizou os números e informou ainda que 65 dos feridos foram hospitalizados.

Os feridos foram transferidos em helicópteros militares para hospitais da região e de Peshawar, capital da província de Khyber Pakhtunkhwa.

Nasrullah Khan, representante do governo central na região, disse à Agência Efe que a bomba estava escondida em uma caixa de verduras e foi ativada por controle remoto. A imprensa paquistanesa citou diferentes reivindicações do ataque por parte do principal grupo terrorista do país, Tehrik-i-Taliban Pakistan (TTP), e a organização de vocação sectária Lashkar-e-Jhangvi (LeJ).

O primeiro-ministro paquistanês, Muhammad Nawaz Sharif, expressou em comunicado sua "profunda dor" pelo ocorrido e ordenou que os feridos recebam assistência médica com urgência.

Parachinar, região de maioria xiita, é palco habitual de atos violentos por parte da insurgência sunita e em dezembro de 2014 uma bomba matou 22 pessoas neste mesmo mercado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos