Jovem detido em Viena planejava ataque a bomba no metrô, dizem autoridades

Viena, 21 jan (EFE).- O suposto terrorista detido na noite desta sexta-feira em Viena pretendia cometer um atentado de bomba contra o sistema de metrô da capital austríaca, disse neste sábado o diretor-geral da Segurança Pública da Áustria, Konrad Kogler, à emissora pública de rádio "Ö1".

"O metrô era um dos possíveis alvos que o detido pretendia atacar muito em breve", declarou o diretor-geral, que revelou também que a polícia recebeu indícios de outros lugares públicos populares de Viena como possíveis palcos de ataques.

O detido é um jovem austríaco, de 18 anos de idade e de origem albanesa, que no passado recente esteve várias vezes no exterior. Mas, segundo as autoridades austríacas, não se trata de um antigo combatente islamita que voltou do Oriente Médio ao país, mas de uma pessoa com residência habitual em Viena.

"Tivemos indícios de que planejava um atentado muito em breve. Estamos seguindo essas pistas de forma muito intensa. Revistamos casas, onde apreendemos telefones celulares e computadores. Estamos vendo agora quão concretos eram os planos", acrescentou.

Kogler não quis especular sobre possíveis cúmplices do jovem na capital, mas revelou que a polícia investiga agora o entorno do detido e que possivelmente realizará mais ações de busca e apreensão e mais detenções.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos