Trump acusa imprensa de mentir sobre público de sua posse

Washington, 21 jan (EFE).- O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou neste sábado os veículos de imprensa de mentir sobre os números de pessoas em sua posse e não se referiu às manifestações contra ele que percorreram várias cidades do país, a maior em Washington.

Trump visitou as instalações da CIA em Langley, na Virgínia, em seu primeiro dia completo como presidente e, após dar seu apoio à comunidade de inteligência, atacou a imprensa.

O presidente se declarou em "guerra" com os jornalistas, de que disse que estão "entre os seres humanos mais desonestos da Terra", e explicou que a multidão presente aos atos de sua posse nesta sexta-feira "parecia" englobar entre um milhão e 1,5 milhão de pessoas.

"Amo a honestidade, gosto da cobertura (da imprensa) honesta", declarou Trump.

Faltando dados oficiais, as fotografias aéreas deixam claro que o número de pessoas na posse de Trump ficou longe do histórico 1,8 milhão que assistiram à primeira posse do já ex-presidente Barack Obama em 2009.

As autoridades de Washington tinham estimado nos dias anteriores que cerca de 800 mil pessoas assistiriam à posse de Trump, tanto para comemorar sua chegada à Casa Branca como para se manifestar contra.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos