Aviões russos e da coalizão internacional bombardeiam posições do EI na Síria

Moscou, 23 jan (EFE).- Aviões da Rússia e das forças da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos bombardearam nesta segunda-feira em conjunto, pela primeira vez, posições do Estado Islâmico na Síria, informou nesta segunda-feira o Ministério da Defesa russo.

"Dois aviões da Força Aérea russa e dois jatos da coalizão internacional fizeram bombardeios sobre instalações terroristas", afirmou a pasta em comunicado.

O ataque aconteceu perto da cidade de Al Bab, na província de Aleppo.

De acordo com o texto, "Em 22 de janeiro, o comando das Forças Aeroespaciais russas na base de Khmeimim recebeu as coordenadas dos alvos do EI na região de Al Bab da província de Aleppo de parte dos Estados Unidos, através de uma linha direta estabelecida com a coalizão internacional".

Os quatro aviões fizeram o ataque "após um reconhecimento adicional usando veículos aéreos não tripulados e sistemas espaciais", acrescentou a nota.

Os bombardeios "destruíram vários depósitos de munição e combustível, assim como uma concentração de combatentes com armas pesadas".

O Ministério de Defesa da Rússia classificou, por isso, como "muito efetivos" estes primeiros bombardeios conjuntos entre as forças do país e a coalizão liderada pelos EUA, que ocorreu poucas horas após o novo presidente americano, Donald Trump, assumir o cargo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos