Naufrágio na Malásia deixa 9 mortos e vários desaparecidos

Bangcoc, 23 jan (EFE).- As autoridades da Malásia encontraram nove corpos sem vida após o naufrágio de uma embarcação no litoral leste do país e alertaram que há vários desaparecidos, sem precisar o número, informaram nesta segunda-feira veículos de imprensa locais.

A guarda costeira do país do sudeste asiático assegurou que o bote transportava imigrantes indonésios até o território malaio quando afundou perto da cidade de Mersing, que fica cerca de 200 quilômetros a sudeste da capital Kuala Lumpur, segundo a agência local "Antara".

"Até o momento, encontramos os corpos de seis mulheres e três homens. Acreditamos que o barco transportava mais gente e a investigação ainda está em curso", afirmou um porta-voz da Agência de Controle Marítimo ao site de notícias "BHarian".

Em novembro, pelo menos 51 pessoas morreram no naufrágio de uma embarcação motorizada perto da ilha de Batam, situada ao sul de Cingapura, quando tentava chegar à Malásia de maneira ilegal, procedente da Indonésia.

O estreito da península de Malaca é uma área importante de tráfego marítimo por onde também transitam embarcações carregadas de imigrantes ilegais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos