Peña busca diálogo integral com EUA e repatriação "ordenada" de migrantes

Cidade do México, 23 jan (EFE).- O presidente do México, Enrique Peña Nieto, disse que buscará uma "negociação integral" com o novo governo dos Estados Unidos, de modo que inclua todos os temas, e pediu que qualquer repatriação de imigrantes ilegais ocorra de "maneira ordenada e coordenada".

"Levaremos todos os temas", como comércio, migração e segurança, incluindo a fronteiriça, assim como "as ameaças terroristas e o trafico ilegal de drogas, armas e efetivos", afirmou em um ato realizado na residência oficial de Los Pinos.

O diálogo com o governo de Donald Trump terá início na quarta-feira com a visita dos secretários de Relações Exteriores, Luis Videgaray, e de Economia, Ildefonso Guajardo, a Washington.

No dia 31 de janeiro, Peña Nieto viajará à capital americana para se reunir com Trump. Entre os objetivos da negociação, o governante mexicano disse nesta segunda-feira que buscará fazer com que "qualquer processo de repatriação de migrantes imigrantes ilegais realizado pelo governo dos EUA ocorra de maneira ordenada e coordenada".

Além disso, o líder mexicano se esforçará para que os protocolos alcançados sejam mantidos e melhorem "sempre sobre a base de um tratamento digno e também respeitoso", comentou ao apresentar o posicionamento de seu governo perante o governo de Trump.

Peña Nieto disse que "convém aos Estados Unidos que o México estejam bem, assim como convém ao México que os EUA estejam bem".

Após reconhecer que os "Estados Unidos têm um nova visão em política externa", o governante afirmou que o México é obrigado a defender seus interesses "sem confronto nem submissão", mas através de uma "negociação integral".

Os princípios que guiarão a negociação serão a defesa da soberania nacional, o respeito ao Estado de direito em ambos os países, uma "visão construtiva e propositiva" sob a fórmula de "ganhar, ganhar" e a integração da América do Norte.

"Nosso país não acredita nos muros, mas nas pontes" para impulsionar a boa vizinhança, declarou Peña Nieto ao se referir ao muro que Trump quer construir ao longo de toda a fronteira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos