Violência em Deir ez Zor ameaça 93 mil civis, diz Unicef

Beirute, 23 jan (EFE).- A escalada da violência na cidade síria de Deir ez Zor, alvo de uma ofensiva do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), ameaça as vidas de 93 mil pessoas comuns, entre elas 40 mil menores de idade, alertou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) nesta segunda-feira.

"As crianças que moram na cidade assediada de Deir ez Zor estiveram sob intensos ataques na última semana", afirmou o diretor regional do Unicef, Geert Cappelaere, que lembrou que o acesso regular de ajuda humanitária está suspenso há dois anos.

Ele destacou que o lançamento indiscriminado de foguetes matou dezenas de civis no local e obrigou muitos a permanecerem em suas casas.

"O preço da comida disparou a níveis que já são dez vezes superiores aos de Damasco, e os cortes de água crônicos estão forçando às famílias a buscar água sem tratamento no Rio Eufrates, expondo os menores ao risco de contrair doenças", afirmou.

Cappelaere fez um apelo a todas as partes em conflito na Síria e pediu para que suspendam todos os assédios e permitam o acesso humanitário, "incondicional e sem impedimentos", para ajudar os menores de Deir ez Zor e as demais zonas sitiadas do país.

"Nada justifica o sofrimento incalculável das crianças. As crianças da Síria pagam um preço muito alto por uma guerra que eles não estão fazendo", indicou.

Desde 14 de janeiro, Deir ez Zor é alvo de uma ofensiva do EI contra as zonas em poder das forças governamentais sírias.

Os jihadistas proclamaram em junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, onde controlam zonas do norte e do centro. No mês seguinte, conquistaram quase toda a província de Deir ez Zor, fronteira com o território iraquiano, exceto alguns bairros da capital homônima e o aeroporto militar, nas mãos das autoridades sírias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos