Ataque de grupo terrorista em hotel da Somália deixa pelo menos 15 mortos

(Atualiza o número de mortos).

Mogadíscio, 25 jan (EFE).- Pelo menos 15 pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas nesta quarta-feira em um ataque realizado por um comando do grupo jihadista Al Shabab no Hotel Dayah, em Mogadíscio, capital da Somália, onde aconteceu um intenso tiroteio, conforme informaram à Agência Efe fontes da Polícia.

Após a explosão de um carro-bomba na porta do hotel, os terroristas entraram no local e dispararam indiscriminadamente. Minutos depois, detonaram outra bomba nas imediações deixando várias vítimas, entre elas vários jornalistas.

A Polícia garantiu à Efe que o ataque já terminou e que o balanço provisório de vítimas é de 15. Esse total poderia aumentar por causa da grande quantidade de feridos que já está sendo atendida em hospitais.

Um ministro do governo somali que estava no local relatou à Efe que havia um grande número de parlamentares reunidos no hotel por conta do processo eleitoral que está sendo desenvolvido no país. Outro parlamentar que estava no hotel quando os terroristas entraram disse à Efe que muitas pessoas se esconderam para se proteger dos disparos.

Em imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver uma grande coluna de fumaça provocada pelas duas explosões e os grandes danos causados no prédio.

A Missão da ONU na Somália (UNSOM) condenou "veementemente" o atentado em sua conta oficial no Twitter e afirmou que "extremistas violentos nunca triunfarão".

O Al Shabab, filial da Al Qaeda no país, reivindicou este ataque em Mogadíscio, onde nos últimos meses fez vários atentados que causaram a morte de dezenas de civis. Hotéis e restaurantes da capital são os alvos preferidos do grupo terrorista, que ameaçou intensificar os ataques durante as eleições presidenciais, adiadas várias vezes e que ainda não aconteceram.

Recentemente, os terroristas optaram por uma estratégia de confronto direta e lançaram vários ataques contra bases militares da missão da União Africana na Somália (AMISOM) matando centenas de soldados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos