Em 20 anos, Canadá será 50% composto por imigrantes e filhos da imigração

Toronto (Canadá), 25 jan (EFE).- Daqui a 20 anos, praticamente a metade da população canadense será composta por imigrantes ou filhos de imigrantes, segundo um estudo apresentado nesta quarta-feira pelo Statistics Canadá, órgão público de estatísticas do país.

De acordo com o levantamento, em 20 anos, os imigrantes ou filhos de imigrantes representarão de 44,2% a 49,7% da população do Canadá, contra 38,2% de 2011.

O organismo público também indicou que para 2036, "mais da metade dos imigrantes no Canadá serão de origem asiática", enquanto a proporção de imigrantes europeus cairá dos 31,6% de 2011 para um número entre 15,4% e 17,8%.

Além disso, mais de um terço da população (entre 34,7 e 39,9%) em idade laboral (entre 15 e 64 anos) "pertencerá a uma minoria visível", praticamente o dobro que em 2011.

Estas tendências migratórias significarão que, em 20 anos, mais de um quarto da população do Canadá terá uma língua materna diferente de inglês e francês, os dois idiomas oficiais do país.

Em 2011, 20% da população do Canadá, cerca de 6,9 milhões de pessoas, não identificavam nem o inglês nem o francês como sua língua materna. Em 2036, esse grupo da população terá entre 10,7 e 13,8 milhões de pessoas.

Na província do Québec, onde o francês é a única língua oficial, a proporção da população cuja língua materna é o francês se reduzirá de 79% em 2011 para entre 69% e 72% em 2036.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos