Deslizamentos deixam 10 soldados mortos na Índia

Nova Délhi, 26 jan (EFE).- Pelo menos dez soldados indianos morreram e vários estão desaparecidos depois que duas avalanches de neve soterraram um acampamento militar e uma patrulha na Caxemira indiana, informaram nesta quinta-feira fontes militares e da Polícia local.

Um porta-voz da Polícia da Caxemira, que pediu o anonimato, disse à Agência Efe que o número de militares mortos até o momento é de dez, embora tenha evitado dar mais detalhes.

Os soldados morreram ontem em duas avalanches no setor de Gurez, perto da Linha de Controle que serve de fronteira de fato entre Índia e Paquistão na região, disputada pelos dois países.

O Exército indiano confirmou em comunicado a morte de seis dos soldados e afirmou que os trabalhos de resgate após os deslizamentos "começaram imediatamente em meio a condições meteorológicas extremas e fortes nevascas", o que permitiu o resgate com vida de sete soldados.

"Os trabalhos de resgate continuam na busca de outros desaparecidos", concluiu a nota do Exército.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos