Egito abrirá passagem de Rafah durante três dias a partir de sábado

Gaza, 26 jan (EFE).- As autoridades egípcias anunciaram nesta quinta-feira que abrirão a passagem de Rafah durante três dias, a partir deste sábado, informou a Autoridade de Passagens Fronteiriças da Faixa de Gaza.

Em comunicado, a Autoridade informa que o "Egito notificou a abertura da fronteira com Gaza para permitir que os palestinos atravessem, em ambas direções, durante três dias", desde sábado até segunda-feira.

O Egito mantém fechada a fronteira com Gaza desde o golpe de Estado que em 3 de julho derrubou seu então presidente, o islamita Mohammed Mursi, e só a abre esporadicamente para permitir a passagem de doentes, estudantes, comerciantes e palestinos que retornam à faixa visitar ver familiares.

Segundo a agência palestina "Ma'an", em 2015, a passagem ficou fechada durante 344 dias, enquanto em 2016 foi aberta mais frequentemente, a última vez há mais de um mês.

A passagem de Rafah é a única porta de Gaza para o mundo, dado que Israel mantém a faixa sob bloqueio desde 2007, quando o movimento islamita Hamas expulsou dela as forças da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

Pela fronteira com Israel só podem atravessar ajudas humanitárias, comerciantes e voluntários de ONGs internacionais, incluídos palestinos com permissão especial, além de diplomatas e funcionários de organizações internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos