Sobe para nove número de mortos por causa de incêndios florestais no Chile

Santiago (Chile), 26 jan (EFE).- O número de mortos por causa dos incêndios florestais no Chile subiu nesta quinta-feira para nove, após a descoberta dos corpos de dois homens nas regiões de Maule e Biobío, segundo informaram fontes oficiais.

Em Santa Olga, perto da cidade de Constitución, na região de Maule, foi encontrado o corpo de um homem durante a revista de escombros.

A Polícia investiga se se trata de um aldeão que se negou a ser retirado do local ou de algum voluntário que ajudava a combater o fogo, disse para a imprensa o comandante dos bombeiros de Constitución, Alexis Crisóstomo.

"Ainda não se sabe a identidade da pessoa por isso que não se poderia determinar se é um morador ou uma pessoa que foi ajudar", disse.

Na região de Biobío, a 500 quilômetros ao sul de Santiago, a governadora de Concepción, Andrea Muñoz, confirmou o achado do corpo de um homem em Lloicura, onde o fogo ameaçou vários setores próximos a áreas povoadas.

Os incêndios tinham causado na quarta-feira a morte de um bombeiro e dois carabineiros enquanto trabalhavam na evacuação de habitantes em Maule.

Anteriormente, morreram três brigadistas da Corporação Nacional Florestal na mesma região e um agricultor que bateu de moto contra uma árvore enquanto lutava para evitar que um incêndio atingisse sua propriedade na região da Araucanía.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos