Sobe para 11 o número de mortos em incêndios florestais no Chile

Santiago do Chile, 27 jan (EFE).- O número de vítimas fatais provocadas pelos incêndios florestais que afetam várias regiões do Chile subiu para 11 nesta sexta-feira, depois que um cadáver foi encontrado nos arredores da cidade de Constituición, na região do Maule, informaram fontes oficiais.

O corpo foi achado no setor rural de Carrizalillo, nas proximidades do rio Maule, disse aos jornalistas o comandante do Corpo de Bombeiros de Constituición, Cristian González.

"É uma notícia que não gostaríamos de dar", comentou o chefe dos bombeiros.

Por sua vez, a procuradoria local declarou que peritos da Brigada de Homicídios da Polícia de Investigações (PDI), realizaram os exames necessários para identificar a vítima e determinar as causas exatas de sua morte.

Segundo informações preliminares dadas por aldeões, a vítima é um residente do setor, de 59 anos, que tinha entrado na floresta em chamas em busca de bovinos de sua propriedade.

Anteriormente os incêndios já haviam provocado as mortes de três brigadistas da Corporação Nacional Florestal (Conaf), dois policiais, dois bombeiros, um agricultor e dois habitantes de localidades devastadas pelo fogo.

Segundo o último relatório da Conaf, no Chile há atualmente 119 incêndios ativos, dos quais 65 estão em fase de combate, 53 foram controlados e um pode ser considerado extinto, com uma superfície afetada superior às 360.000 hectares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos