Trump assina ordem e dá 30 dias para Pentágono criar plano para derrotar EI

Washington, 28 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou neste sábado uma ordem executiva com instruções para que o Pentágono apresente em 30 dias uma estratégia para derrotar o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

"Esse é o plano para derrotar o Estado Islâmico no Iraque e na Síria. Em outras palavras, o Estado Islâmico. Acredito que será muito bem-sucedido", afirmou Trump enquanto assinava o decreto no Salão Oval, acompanhado do vice-presidente, Mike Pence, entre outros integrantes do governo.

Trump assinou o documento um dia após ter emitido outra ordem, a fim de "proteger o país da entrada de terroristas estrangeiros", que suspende durante 120 dias o acesso de todos os refugiados aos Estados Unidos.

A medida de sexta-feira também suspende durante 90 dias a emissão de vistos a sete países de maioria muçulmana com histórico terrorista - Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Iêmen e Irã - até que sejam estabelecidos novos mecanismos de apuração.

"Queremos garantir que não admitiremos no país a mesma ameaça que nossos soldados combatem no exterior. Só queremos admitir aqueles que apoiam nosso país e amam profundamente o nosso povo", afirmou Trump nesta sexta-feira ao assinar a ordem na sede do Pentágono.

O magnata também assinou neste sábado uma ordem para reorganizar o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, utilizado pelo presidente para abordar assuntos de segurança nacional e política externa com assessores e integrantes de seu gabinete.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos