Trump e Merkel concordam sobre "importância fundamental" da Otan

Washington, 28 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a chanceler alemã, Angela Merkel, concordaram neste sábado sobre a "importância fundamental" da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) para as relações transatlânticas, durante conversa por telefone entre ambos.

Trump, que chegou a considerar a Otan "obsoleta", e Merkel entraram em consenso sobre "a importância fundamental da aliança para uma relação transatlântica mais ampla e seu papel em garantir a paz e a estabilidade na comunidade do Atlântico Norte", informou a Casa Branca em comunicado.

"Os líderes reconheceram que a Otan deve ser capaz de confrontar as ameaças do século XXI e que a segurança comum requer investimentos apropriados em capacidades militares para garantir que todos os aliados forneçam sua parte equitativa para a segurança coletiva", afirma a nota oficial.

Trump afirmou várias vezes ao longo da campanha eleitoral do ano passado que considerava a Otan "obsoleta" e neste mês reiterou essa opinião em duas entrevistas à imprensa europeia.

O novo presidente americano também criticou no ano passado os membros europeus da Otan por não contribuírem o suficiente com recursos e sugeriu que poderia reduzir o apoio americano.

Trump e Merkel também concordaram sobre "a necessidade de fortalecer a já robusta cooperação na luta contra o terrorismo e o extremismo, e de trabalhar para estabilizar áreas de conflito no Oriente Médio e no norte da África".

O presidente americano e a chanceler alemã conversaram sobre "Rússia e a crise na Ucrânia", além da "importância da estreita cooperação alemã-americana" para a paz e segurança de ambos os países.

Por último, Trump aceitou o convite de Merkel para comparecer em julho à cúpula do G20 (grupo de países desenvolvidos e emergentes) que será realizada na cidade alemã de Hamburgo.

A primeira conversa oficial entre Trump e Merkel desde que o magnata tomou posse, no último dia 20, durou "45 minutos", de acordo com o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer.

Esse diálogo faz parte de uma rodada de reuniões por telefone de Trump com vários líderes neste sábado, entre eles os de França, François Hollande; Japão, Shinzo Abe; e Rússia, Vladimir Putin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos