Noriega inicia prisão domiciliar temporária na casa de sua filha no Panamá

Cidade do Panamá, 28 jan (EFE).- O ex-general panamenho Manuel Antonio Noriega chegou neste sábado à casa de uma de suas filhas, na capital do Panamá, para cumprir três meses de prisão domiciliar recomendado pelos médicos devido a que deve ser operado de um tumor cerebral.

Fortemente custodiado, o octogenário ex-ditador chegou depois das 22h (horário local, 0h do domingo em Brasília) à residência de Sandra Noriega, localizada em frente à baía do Panamá, onde os jornalistas permaneciam há várias horas, o mesmo que pelo menos uma dúzia de agentes da Polícia Nacional.

A transferência de Noriega para a casa de sua filha foi possível depois que três tribunais convalidaram a medida, aprovada dias atrás pela Segunda Turma Penal do Supremo, que atendeu as recomendações de uma equipe médica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos