Resgate salva 15 mineradores após 3 dias presos em mina na Tanzânia

Dar es Salaam, 29 jan (EFE).- As equipes de resgate salvaram 15 mineradores com vida neste domingo, após terem passado três dias enclausurados devido a um desmoronamento em uma mina de ouro em Nyarugsu, no noroeste da Tanzânia, informaram os serviços de emergência.

Todos os mineradores foram transferidos a um hospital para receber atendimento médico, embora aparentemente estivessem em bom estado de saúde.

Desde a quinta-feira, uma equipe de resgate fazia buscas na região para encontrar esses mineradores que trabalhavam para a empresa chinesa RZP, que ainda não se pronunciou sobre a causa do desmoronamento. O resgate conseguiu se comunicar os os mireradores no sábado e confirmou que estavam vivos.

Esta não é a primeira vez que ocorre um incidente do tipo no país. Em novembro do ano passado, cinco mineradores foram resgatados após ficarem presos por 41 dias no oeste da Tanzânia devido a um desmoronamento.

O mesmo aconteceu com outra mina no início do ano 2000 na região de Mara, soterrando milhares de mineradores após os esforços em vão de uma equipe de resgate.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos