Rússia prolonga presença de suas tropas no Quirguistão por mais 15 anos

Moscou, 29 jan (EFE).- A Rússia decidiu neste domingo prolongar por mais 15 anos a presença de suas tropas no Quirguistão, após a entrada em vigor do acordo bilateral com essa república centro-asiática que faz fronteira com a China.

Segundo o acordo, informado pelo Diário Oficial da Rússia, o exército russo poderá usar até 2032 a base aérea de Kant, situada a cerca de 20 quilômetros da capital Bishkek, e várias instalações, como o centro de treinamento naval em Karakol, às margens do lago Issik-Kul.

Em caso de acordo entre ambas partes, o convênio se prolongará automaticamente por outros cinco anos.

A Rússia deverá pagar anualmente US$ 4,5 milhões ao Quirguistão pelo arrendamento dos terrenos e pelo uso do lago com fins militares.

A Rússia é o principal aliado do Quirguistão desde que as autoridades desse país ordenaram o fechamento em 2013 da base aérea americana situada no aeroporto internacional de Manás.

Considerado o país mais democrático de Ásia Central, o Quirguistão tomou essa decisão após receber promessas de ajuda financeira do Kremlin.

Rússia e China já exigiram dos Estados Unidos que pusessem prazo em sua presença na Ásia Central, região estratégica que consideram seu pátio traseiro e onde Washington já não conta com nenhuma base militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos