Tigre mata turista em zoológico do leste da China

Pequim, 29 jan (EFE).- Um visitante de um zoológico na província de Zhejiang, no leste da China, morreu neste domingo após ser atacado por um tigre, um incidente no qual a polícia também matou o felino durante a operação de resgate, informou a agência oficial "Xinhua".

O ataque ocorreu no zoológico Youngor da cidade de Ningbo, quando o turista, que segundo testemunhas tentava provocar o tigre, foi atacado pelo animal e arrastado para uma área arborizada.

Os cuidadores tentaram primeiro afugentar o felino com sinalizadores, até que a polícia ordenou o fechamento do zoológico pouco depois e tentou resgatar o homem durante mais de uma hora.

Uma testemunha citado pelo jornal "South China Morning Post" afirmou que o homem foi atingido pelas garras do tigre em repetidas ocasiões, cada vez que tentava escapar.

A informação não deu detalhes de como a vítima tinha entrado no recinto dos tigres, mas a agência "Xinhua" detalhou que as imagens das câmeras de segurança estão sendo analisadas para investigar as causas do acidente.

Trata-se do segundo ataque mortal de tigres que acontece na China nos últimos meses, depois do ocorrido em julho de 2016 em um zoológico dos arredores de Pequim, quando uma mulher de 57 anos morreu ao tentar salvar a sua filha do ataque de uma destas feras.

A filha, de 30 anos, tinha saído voluntariamente de seu automóvel em uma área pela qual podiam passar livremente estes animais, razão pela qual sua atitude temerária foi muito criticada, embora outras vozes tenham denunciado que as medidas de segurança do zoológico, situado ao lado da Grande Muralha, eram insuficientes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos