Hollande diz que atentado à mesquita ataca espírito de abertura de Québec

Paris, 30 jan (EFE).- O presidente da França, François Hollande, condenou nesta segunda-feira "com a maior firmeza" o atentado terrorista contra uma mesquita na província de Québec, no Canadá, e disse que os terroristas queriam atacar "o espírito de paz e de abertura dos quebequenses".

Hollande, em comunicado divulgado pela presidência francesa, qualificou de "odioso" o atentado ocorrido em Québec, onde, segundo as últimas informações das autoridades canadenses, houve seis mortos e oito feridos.

O chefe de Estado ressaltou que a França está junto com as vítimas e suas famílias e disse que tinha enviado "uma mensagem de simpatia, de afeto e de solidariedade" ao primeiro-ministro de Québec, Philippe Couillard, e ao do Canadá, Justin Trudeau.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos