Incêndio florestal provoca evacuação de 800 famílias em cidade do Chile

Santiago do Chile, 30 jan (EFE).- Cerca de 800 famílias foram retiradas nesta segunda-feira da cidade de Dichato, no sul do Chile, perante o avanço das chamas dos incêndios florestais que afetam a região, informaram as autoridades.

Dichato, uma cidade litorânea situada na comuna de Tomé, na região do Biobío, e uma das áreas devastadas pelo terremoto e tsunami de 2010, se transformou nas últimas horas em um dos setores mais ameaçados pelas chamas.

A tragédia na região faz parte da pior onda de incêndios que o Chile sofreu em sua história, com um balanço de 11 mortos e mais de 400.000 hectares calcinados.

O prefeito de Tomé, Eduardo Aguilera, disse hoje ao "Canal Nacional" que a comunidade está surpreendida com o novo foco de fogo perto dos setores de hacra Alicia, El Esfuerzo e Villa Fresia..

Brigadistas da Corporação Nacional Florestal (Conaf), bombeiros e policiais trabalham no setor para controlar o incêndio e esperam a chegada de um avião-cisterna russo para combater as chamas.

Por causa do desastre florestal, o contra-almirante Marcelo Gómez García, chefe de área de catástrofe na região do Bíobío, emitiu um documento com uma série de restrições, entre elas a proibição do transporte de benzina, petróleo e parafina em vasilhas e recipientes similares.

O Escritório Nacional de Emergência (Onemi) informou hoje de um total de 124 incêndios em nível nacional, dos quais 58 estão em fase de combate, 55 sob controle e 11 extintos, com uma superfície afetada de mais de 400.000 hectares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos