Instituição sunita Al-Azhar condena ataque contra mesquita no Quebec

Cairo, 30 jan (EFE).- A Al-Azhar, a instituição mais prestigiada do islã sunita, com sede no Egito, condenou nesta segunda-feira com firmeza o ataque terrorista contra uma mesquita no Quebec (Canadá), no qual morreram seis pessoas e outras oito ficaram feridas.

A instituição afirmou em comunicado publicado pela agência oficial de notícias egípcia, "Mena", que este tipo de ataque "provoca ódio, sectarismo e cria um território fértil para o terrorismo e o extremismo".

Além disso, pediu proteção aos templos religiosos e "um clima seguro para os rituais religiosos", e enviou suas condolências às famílias das vítimas.

Hoje vários países árabes rejeitaram e condenaram o ataque terrorista contra a mesquita, perpetrado por pelo menos duas pessoas.

Entre eles Egito e Tunísia, além dos integrantes do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) Pérsico: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Catar, Kuwait e Omã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos