Trump diz que indicará amanhã novo juiz para a Suprema Corte dos EUA

Washington, 30 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que nomeará amanhã o candidato para ocupar a vaga em aberto na Suprema Corte do país após a morte do juiz conservador Antonin Scalia em fevereiro de 2016.

"Tomei minha decisão sobre quem nomearei para a Suprema Corte dos Estados Unidos. Anunciarei ao vivo na terça-feira", disse Trump em sua conta oficial no Twitter.

Na semana passada, Trump comentou na Casa Branca que esperava anunciar seu indicado na quinta-feira. Em entrevista à emissora "Fox", afirmou que já tinha a decisão "praticamente tomada". O nomeado precisa ser confirmado pelo Senado para assumir o cargo.

O presidente explicou que anunciará o indicado às 20h locais (23h em Brasília), horário de maior audiência nas emissoras do país.

Durante a campanha, Trump prometeu que todas suas nomeações para a Suprema Corte sairão de uma lista de 21 juízes que contam com o sinal verde da direita cristã. Todos eles se opõe ao aborto e prometeram proteger o direito de possuir e portar armas.

Segundo a "Fox", entre os favoritos dessa lista estão o juiz do Colorado Neil Gorsuch e o da Pensilvânia Thomas Hardiman.

A batalha por uma das nove cadeiras da Suprema Corte teve início após a morte de Scalia. O ex-presidente Barack Obama tentou substituir Scalia, um dos cinco juízes conservadores do órgão, por Merrick Garland, um candidato moderado, mas o Senado, de maioria republicana, rejeitou a nomeação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos