Grupo de presos toma vários guardas como reféns em penitenciária dos EUA

Washington, 1 fev (EFE).- Um grupo de presos tomou nesta quarta-feira vários guardas como reféns no maior presídio para homens de Delaware (EUA), informou a porta-voz do Departamento Correcional do estado, Jayme Gravell.

O que se sabe, por enquanto, é que tanto as equipes da organização que administra as prisões do estado como a polícia responderam a uma "situação com reféns" no Centro Correcional James T. Vaughn de Smyrna, indicou Jayme em comunicado.

A porta-voz não deu mais detalhes sobre o fato, mas informou que, por protocolo, todas as prisões do estado estão em alerta com os acessos bloqueados.

"Estamos ouvindo que três ou cinco guardas do presídio foram tomados como reféns e que os presos têm o controle do edifício", disse Geoff Klopp, presidente da associação de guardas penitenciários do estado, ao jornal "Delaware State News".

Nos arredores da prisão há dezenas de viaturas, ambulâncias e helicópteros, conforme imagens captadas pelas emissoras locais.

O centro penitenciário é o maior presídio de homens no estado e tem uma capacidade de 2.500 presos, segundo seu site.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos