Vaticano mostra preocupação com políticas migratórias de Trump

Cidade do Vaticano, 1 fev (EFE).- O substituto para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado do Vaticano, Angelo Becciu, confessou nesta quarta-feira estar preocupado com as medidas migratórias adotadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

"Certamente há uma preocupação porque somos mensageiros de outra cultura, a cultura da abertura", disse Becciu em entrevista à emissora "TV2000", propriedade da Conferência Episcopal da Itália.

Becciu, além disso, disse que o papa Francisco "reitera a capacidade de integrar quem vem para nossa sociedade e cultura".

No última sexta-feira, Trump assinou uma ordem executiva que suspende por 120 dias o programa de amparo de refugiados e interrompe por 90 dias a emissão de vistos para cidadãos de sete países de maioria muçulmana: Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Irã e Iêmen.

O jornal vaticano "L'Osservatore Romano" analisou ontem a decisão, em um artigo intitulado "O fechamento não é progresso", e afirmou que a imigração contribuiu para a economia dos EUA.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos